Atuação direta

As atividades têm como pressupostos:

Estar presente em um bairro periférico em situação de vulnerabilidade social;

Conhecer e interagir com as redes sociais da comunidade, compreendendo questões relacionadas à abrangência territorial, diversidade, situações de vida dos moradores e suas influências culturais;

- Realizar intervenções sociais que não substituem o Estado, mas dialogam com o poder público em suas diferentes esferas, evidenciando o trabalho cooperativo entre parceiros locais ou intersetoriais na garantia dos direitos do cidadão ou cidadã.

 

São Paulo – Vila Albertina

Programa Jogo Aberto: voltado público de 8 a 18 anos, com monitores de 16 a 20 anos, oferece 15 modalidades esportivas e lazer para a comunidade; atua no Núcleo de Esporte e Desenvolvimento (NED) e também em parceria com 5 escolas públicas da região – levando atividades para os alunos no período do contraturno escolar –; um equipamento municipal de lazer, o Parque Lions Clube; e ocupa espaços públicos com eventos de rua.

 

Programa de Jovens: oficinas de arte e cultura, projeto de vida e eixo de empregabilidade para jovens de 14 a 21 anos, com o propósito de formá-los e capacitá-los para o exercício pleno da cidadania, por meio da ampliação do repertório educacional, cultural, social e profissional.

 

Programa Comunidades: ações voltadas ao fortalecimento comunitário; Projeto Formação de Agentes Sociais (mulheres moradoras do bairro) e Projeto Sexualidade em Ação, que oferece oficinas sobre Gênero e Sexualidade para educandos da Fundação, alunos e professores de escolas públicas da região.

 

Escola modelo de Educação Integral: Interlocução com o Governo do Estado de São Paulo para a implantação da primeira escola pública de educação integral da Vila Albertina, utilizando como base curricular a metodologia Gol de Letra. A escola passou a funcionar no início de 2016, onde antes foi a sede da Fundação por 16 anos. Em um modelo inovador, os espaços da escola são compartilhados com a Fundação em determinados períodos.

 

Programa Virando o Jogo*: Criado em 1999, foi o primeiro programa da Gol de Letra, oferecendo atividades esportivas, de expressão oral e escrita, corporal, artística e cultural para crianças, adolescentes e jovens moradores da Vila Albertina e alunos da rede pública, no contraturno escolar. As estratégias do programa incluíam, ainda, a formação de jovens monitores bolsistas, ações socioeducativas e atendimento para as famílias dos participantes. Em 2013, o Virando o Jogo foi vencedor do Prêmio Itaú-Unicef de Educação Integral e, em 2015, encerrou um ciclo de 16 anos de atendimento direto, tendo sua metodologia utilizada como base para a implementação da primeira escola pública de Educação Integral da Vila Albertina, em parceria inédita com a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, que passou a funcionar em 2016.

*Descontinuado

 

Rio de Janeiro – Caju e Barreira do Vasco

Programa Dois Toques: oficinas esportivas, de lazer, leitura, escrita, informática e artes para crianças de 07 a 14 anos e monitores de 15 a 21 anos. Eventos esportivos e de prestação de serviços abertos à comunidade compõem as atividades.

 

Programa Jogo Aberto: oferece práticas esportivas, educação integral e fortalecimento da cultura do esporte e do lazer para crianças, adolescentes e jovens de 6 a 17 anos moradores dos bairros do Caju e Barreira do Vasco. As atividades regulares são realizadas no período do contraturno escolar. Promove também festivais esportivos, jogos de integração, caminhadas e eventos abertos à comunidade.

 

Projeto Juventude e Oportunidade: iniciado em setembro de 2016, oferece 7 cursos técnicos a jovens de 17 a 30 anos, no Centro de Educação e Formação Profissional do Caju, além da escolaridade básica (Fundamental II, Ensino Médio e preparatório para o Enem) para adultos que não conseguiram concluir os estudos. O projeto é fruto de uma parceria de cinco anos com o Instituto Nissan. O Juventude e Oportunidade passa a incorporar o projeto Gol de Trabalho, realizado pela Fundação de 2010 a 2016, oferecendo o curso de Rotinas Administrativas para jovens e adultos.

 

Outros Projetos:

((Desde 2002)) Intercâmbio Brasil-França: proporciona anualmente a transformadora experiência de intercâmbio de jovens entre Brasil e França, cujos objetivos são as trocas culturais, o crescimento individual e a ampliação da visão de mundo para jovens e educadores. É realizado desde 2002, e desde 2004 em parceria com a organização francesa Sport dans La Ville. >>link para o site SDLV abrindo em janela separada

 

((Desde 2014)) Jogo Aberto Football for Hope: desenvolvido pela Fundação Gol de Letra com o apoio da FIFA, visa utilizar o futebol como incentivo para reflexão sobre temas como educação, inclusão, autonomia, respeito à diversidade e construção coletiva. Conta com a participação de duas turmas, uma no Rio de Janeiro e outra em São Paulo, com adolescentes entre 12 e 17 anos.

Saiba mais no hotsite do projeto. 

 

((2016)) Jogos de Integração da Tijuca: projeto desenvolvido durante o ano de 2016 em parceria com a adidas, nas comunidades do Borel e Casa Branca, ambas localizadas no bairro da Tijuca (RJ). O foco se deu na realização de Jogos de Integração entre escolas públicas e organizações locais, com o objetivo de promover o Esporte como ferramenta de educação, tanto como exercício de vida coletiva, como ambiente cultural e de direitos. Além da mobilização com as comunidades, o projeto envolveu capacitações com lideranças locais e associações de moradores, a fim de garantir uma continuidade autônoma das ações propostas.

 

((Desde 2015)) Gol pela Igualdade: realizado na Vila Albertina (SP), visa utilizar a prática do futebol para trabalhar a questão de gênero no esporte. Para isso, conta com a atuação de “jovens líderes” moradores do bairro a fim de incentivar a participação de meninas em atividades esportivas e ampliar a discussão sobre o tema fora das quadras. O projeto teve início em 2016, com duração prevista de até três anos, e é realizado com o apoio do Programa Cityzens Giving, do clube de futebol inglês de Manchester City.

 

((2016 e 2017)) Legado Olímpico (Olympic Legacy): iniciativa promovida pelo Erasmus+, programa de intercâmbio da União Europeia, e concebido em parceria com outras duas organizações, Everything is Possible (Inglaterra) e Polgár Foundation (Hungria), por ocasião dos Jogos Olímpicos Rio 2016. O objetivo é reunir e compartilhar experiências de esporte educacional a partir dos legados dos Jogos Olímpicos, por meio de diversos intercâmbios, envolvendo jovens atendidos pelas três organizações participantes, profissionais e voluntários envolvidos com a temática do esporte educacional. Entre as ações, destaca-se o intercâmbio realizado durante a Olimpíada no Rio de Janeiro, em agosto de 2016, que contou com a participação de 30 jovens dos três países. Saiba mais. >>link para o site abrindo em janela separada

 

Fundação Gol de Letra

Endereço Rio :
Rua Carlos Seidl, nº 1141,
2º andar - Caju
Rio de Janeiro - RJ

Endereço SP :
Av. Nova Cantareira,
nº 5078, Tucuruvi
São Paulo - SP

comunicacao@goldeletra.org.br